Interior Design – Criação do projeto

Interior Design – Criação do projeto

Olá pessoal, Tudo bom com vocês?

Como sabem sou formada em Design de Interiores.

Hoje vou mostrar um pouco do processo de criação de um projeto.

 

O que  um Designer de Interiores faz?

O designer, projeta ambientes – residenciais , comerciais , públicos, cenográficos… atendendo as necessidades especificas do cliente trazendo funcionalidade e sofisticação.

O processo de criação inclui algumas etapas:

Briefing – são as informações necessárias, recebidas  através  de uma pequena entrevista – questionário-  com o cliente,  tipo quantas pessoas utilizarão o espaço, qual a sua finalidade, estilo preferido… a partir dessas informações o profissional começa a estudar como será o projeto.

Para compor o ambiente faz se um estudo sobre o espaço, medidas, luz ,ventilação e também sobre o que é mais necessário e indispensável para o projeto.

 

Painel Semântico- Mood Board: é um painel de inspirações , nesse post o meu exemplo é estilo minimalista então eu pesquisei imagens, ideias que me permitam criar nesse tema, o processo é feito por  colagens de gravuras, texturas, croquis, tudo que for ajudar a criar o ambiente.

Você pode fazer esse processo para organizar uma festa, um aniversário, e até mesmo seu ambiente se quiser fazer por si só.

O mood board pode ser feito a mão, ou em programas ex: photoshop, power point, corel draw, illustrator.

Uma boa dica é visitar o Pinterest, um ótimo lugar para se ter ideias e pegar referências

Exemplo:

mood board minimalistaimagens: pinterest / montagem: karinak assunção

Passando essa parte o projeto começa a ser feito em planta baixa, onde a disposição de mobiliário fica definida.

 

Concept board : Serve para especificar o projeto através da planta mobiliada, com especificações de medidas, cores, texturas, esse processo explica para o cliente o que escolhemos para usar no projeto.

O concept board pode ser feito a mão, ou em programas ex: photoshop, power point, corel draw, illustrator.

 

Sala em estilo minimalista:

concept board sala 1projeto: autoral / karinak assunção

 

Se o cliente aceitar antes de passar para o 3D evita-rá algumas alterações (mais muitas pessoas não conseguem visualizar o projeto quando está em 2d – planta baixa).

Quando o projeto estiver no 3D estará finalizado a parte digital e aí começarão as obras e compras de mobiliários e revestimentos.

 

Espero ter ajudado, no que poder ajudar estou aqui.

 

Abraços,

@karinak.art

cropped-logo_karinak_assuncao.png

 

 

Advertisements
Disposição de quadros na parede.

Disposição de quadros na parede.

Olá, hoje vim compartilhar uma dica com vocês que vai  deixar seus quadros em sintonia e seu ambiente mais harmonioso.

1 passo: escolha  o local que você irá colocar os quadros e visualize o meio se preferir tire medidas exatas…

2 passo: visualize a composição… você pode colocar seus quadros no chão para visualizar melhor.

lembre-se altura e organização são quesitos indispensáveis.

3 passo: faça uma medição da distância entre os quadros, para fixá-los  na parede utilize pregos ou fita adesiva atualmente a mais usada.                                                                                      (dica; fita adesiva dupla fase fixa forte -fita banana)

2 disposição de quadros na parede

 

Dicas importantes:

(1) O quadro  deve ficar na altura do olhar do visualizador, ex: se uma pessoa tem 1,80 cm o quadro deve está a 1,70 cm, e o centro do quadro deve está a mais ou menos 1,60 cm do chão

Esta é a altura de uma pessoa de estatura média.

(2) se o quadro for ficar acima do sofá é interessante que ele fique a 0,20 cm de distância de uma pessoa que mede 1,70 cm para que ele não encoste a cabeça.

3 altura quadros

 

 

 

 

Gostaram da dica? Me contem… 🙂

 

cropped-logo_karinak_assuncao.png

Abraços,

@karinak.art